Você sabia que o CONTRAN Conselho Nacional de Trânsito aprovou algumas normas que modificaram o processo para tirar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no Brasil. Tais mudanças entraram em vigência nesta segunda-feira (16/09).

Ou seja, a partir deste momento, que for passar pelo processo de obtenção da carteira de motorista pode recusar o simulador de direção. Ele era obrigatório, porém, agora ele passa a ser facultativo, podendo utilizado apenas se o aluno sentir necessidade. Também as lições no equipamento podem ser realizadas junto com as aulas teóricas.

Menos aulas:
Uma outra alteração que foi aprovada é em relação à quantidade de aulas práticas e divisões entre práticas noturnas. Na categoria B (carro), é necessário fazer 20 horas aula, sendo que uma a cada cinco precisa ser feita à noite. Caso opte pelo simulador, serão cinco horas no equipamento. Do outro lado, na categoria A (moto) mantém a obrigatoriedade de 20 horas aula, mas apenas uma delas é noturna. Um fato relevante que pode acontecer é que estas mudanças acarretam uma redução no custo do processo, mas isso ainda não foi constado pelas autoescolas.

Mais alterações
Além das informações acima citadas, as mudanças do Contran também abrangem a aquisição da Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC). Esse é o documento necessário para pilotar as “cinquentinhas”, as populares motos de 50cc.

WhatsApp chat